Busca

2011 - 1a meta....voltar a casa dos 80kg

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Como será o amanha? Responda quem puder...

Ola meu povo...2010 esta acabando...estou de férias do trabalho ate o dia 03, desacelerando, cuidando de algumas coisas e pensando na minha vida light.

2010 foi um ano de muitas realizações, mas também muito desafiador . Quem me conhece sabe que eu sou expert em planejar coisas, não faço nada sem medir todos os riscos e avaliar se eh viável ou não. Mas 2010 veio pra me mostrar que a vida não eh bem assim. Mesmo planejando tudo certinho, as coisas podem sair diferentes, e eh ai que entra nosso poder de adaptação ao inesperado.

Estou terminando o ano na casa dos 90kg, coisa que eu pensei que não deixaria mais acontecer. Desnecessario dizer que estou frustradissima, me sentindo uma merda (mas ainda maquiada, arrumadíssima , com meu poderoso cabelo Black e de salto alto hahaha). E ainda não consegui transformar o sentimento atual em energia positiva, de transformação. Eh um processo, do luto pela engorda, o Ok, chega de palhaçada, e o retomar o caminho da vida saudável.

Nessa vibe “o que eu vou fazer”, minha gineco me perguntou se eu consideraria colocar um balão intragastrico. Eu nunca tinha pensado nisso ate pq não sabia que eu tinha indicação para tal – achava que somente obesos com IMC>40 eram elegíveis. Mas ela disse (e confirmei em artigos na internet) que não eh bem assim e eu poderia, sim pensar na possibilidade.

Como boa internauta que sou, corri pro Orkut e achei uma comu sobre o assunto. Dezenas de pessoas que colocaram e relatam suas experiências La. Algumas são comuns a todas: Os primeiros dias do balão são A TREVA. Dores, enjôos, vômitos e muita azia. Alguns ficam bem já na primeira semana, alguns casos duram semanas. Os resultados variam: tem quem tenha perdido 40kg, 30,20,10lg e quem não tenha emagrecido. O maior emagrecimento ocorre nos primeiros 02 meses, depois rola uma estacionada. Isso por que a situação eh simples. O balão nada mais eh do que um impedimento MECANICO ao ato de comer. Com ou sem ele, continuo tendo que fazer escolhas saudáveis e me movimentar mais, fazer exercício físico. O MILAGRE NÃO EXISTE.

Uma coisa que não encontrei, foi como foi a vida das pessoas DEPOIS de tirar o balão. Pq emagrecer com ele deve ser relativamente fácil neh? Vc ta com uma coisa razoavelmente grande dentro do seu estomago, ocupando um espaço que a comida não pode ocupar. Ok. E depois dos 06 meses quando ele eh retirado? O espaço que ele ocupou esse tempo todo dentro de mim, meu organismo não vai sentir falta do “peso”?
E esse emagrecimento “rápido”, minha mente acompanharia? Estou Ha 10 anos tentando emagrecer, entre idas e vindas, e o menor peso que consegui nesse período eh pelo menos 8 kg a mais do que o meu peso ideal então...nunca me vi magra de verdade. E ai, em 30 dias vc perde 10kg, 12kg como li em alguns casos. Não eh rápido demais pra mente acompanhar?

Enfim, tenho muitas perguntas sobre o assunto. Tenho um check-up completo pra fazer e somente depois do resultado desses exames todos, vou saber se posso pensar em colocar, e ai, ser encaminhada ao medico que trata do assunto, la pra fevereiro-2011. Alem disso, há outras questões – o preço, se o plano cobre, se não cobre, quanto custa, enfim...Mas estou disposta pelo menos a pensar na idéia. São 20 anos da minha vida adulta tentando me manter saudável, os últimos 10, obesa. Já emagreci e engordei dezenas de kgs, dezenas de vezes. To cansada.


Mas sou lúcida o suficiente pra saber que o balão não vai mudar minha cabeça. Não vai tirar a oferta de comida da minha frente, e principalmente não vai tirar a minha GULA. Nada vai mudar se eu não mudar minha atitude diante da comida.


Enfim....muitas coisas pra se avaliar. 2011 há de ser, em muitos aspectos, um ano diferente de 2010.

No mais, agradeço a DEUS pelo ano que tive. Realizei muitas coisas que havia planejado. Tive saúde todos os dias do ano. Estive empregada todos os dias do ano. Minha família esteve unida , empregada e saudável todo o ano. Foi um ano corrido e em alguns aspectos, complicados. Mas com muitos momentos felizes e coisas gostosas pra lembrar. Termino o ano com a certeza de que DEUS nos abençoou ricamente, e agradecendo a ELE por tudo.E pedindo a DEUS que nos mantenha em seu manto protetor no ano que se inicia.


2011 eh o ano em que vou investir a serio nos estudos pra me tornar funcionaria publica, e, talvez, tomar uma decisão importantíssima com relação a minha obesidade. Quero chegar aos 40 anos (em 2012), pensando em coisas mais interessantes do que o meu excesso de peso e o meu emprego. Vou emagrecer, continuar me cuidando, mas não quero mais viver em função de emagrecer. Quero mudar meus hábitos definitivamente, emagrecer definitivamente. E gastar meu tempo VIVENDO.

Por enquanto eh isso meninas. Devo voltar antes do fim do ano.
Beijos a todas!!!

6 comentários:

  1. cacau vc é uma pessoa muito positiva, acho q é mal das carioca, tb com o Cristo sempre de braços abertos não tem como não ser, tenho amigas q colocaram o balão, uma engordou tudo de novo e outra ta se mantendo até hj, na net vc vai encontrar de tudo, espero q ajude vc a escolher a melhor opção, no meu caso tinha IMC pra redução e foi o q fiz, não me arrependo, mas como vc disse a cabeça tem q acompanhar, pq senão engorda de novo, ai como poderíamos ter nascido magras né?kkkkk beijo.

    ResponderExcluir
  2. Cacauzinha, a questão do balão, bem como de cirurgia bariátrica, reeducação alimentar e seja lá qual mais método, passa mesmo pelo que você lucidamente colocou: ou a cabeça é a primeira a mudar, ou pelo menos muda juntinho do que está havendo com o corpo, ou as coisas acabam não sendo efetivas. Tenho uma conhecida que botou o balão, dias depois já estava fazendo caminhada e ensaiando corridas na praia. Reclamou apenas, pelo que lembro, do incômodo de sentir o balão balançar dentro dela, quando se virava para dormir. Coisa que depois não sei se passou, pois não a vi com frequência depois disso, por motivos pessoais dela, inclusive de saúde na família. E a vi pouquíssimo nesse tempo, chegando a vê-la com cerca de 20 quilos a menos, em um espaço de tempo curto.
    Depois,fiquei uns meses em vê-la e quando a revi, há cerca de 3 semanas, levei um susto, ela está praticamente do jeito que estava quando resolveu botar o balão.
    Mas há quem tenha se dado super bem, acho que vai de pessoa para pessoa. Estude direitinho, e se for o seu caminho, amiga, prepare-se para assumir a parte que lhe cabe, que nenhum método exime, e Deus abençoará. Eu estarei sempre na sua torcida. Beijo.

    ResponderExcluir
  3. Amiga, como é bom ver seu blog atualizado. Olha, cada uma de nós sabemos de nossa necessidade e do que nos faz feliz, assim como das nossas possibilidades de auto-aceitação. O caminho que você escolher para chegar ao seu tão sonhado 70 kg, eu vou estar do seu lado. O balão é sim uma possibilidade bem viável em alguns casos. Pense direitinho, pesquise, avalie, sinta-se segura, independente de sua decisão. I importante nisso tudo é você pensar em seu bem-estar e dane-se o resto. Bjooooo. Te adoro amiga!!!!

    ResponderExcluir
  4. O penúltimo parágrafo do seu post diz tudo o que precisa ser dito!

    bjos

    ResponderExcluir
  5. Cacau,
    Saudade de vc menina!
    Como está seus dias a toa? Tem aproveitado bastante?
    Semana q vem, vamos combinar de ir a praia juntas?
    Com relação ao balão, pesquisando, analisando... Pq não? Foi o q vc mesma falou c/ relação a cabeça... Pense c/ calma e pode ter certeza q vou te apoiar querida!
    Bjs

    ResponderExcluir